Jantar de Confraternização dos Delegados de Polícia Federal

No dia 8 de dezembro foi realizada a tradicional festa de confraternização dos Delegados de Polícia Federal no Rio de Janeiro.

O evento foi realizado no Clube Naval Piraquê, na Lagoa Rodrigo de Freitas, e foi organizado pela Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal – Seção Rio de Janeiro – e Sindicato Dos Delegados de Polícia Federal no Rio de Janeiro; e contou com a presença do novo presidente da ADPF nacional, o Delegado de Polícia Federal Dr. Edivandir Paiva, além de diversas autoridade dos poderes executivo, legislativo e judiciário.

O evento contou também com a presença ilustre do padre Omar Raposo, reitor do Santuário do Cristo Redentor, que durante a cerimônia foi convidado pelo diretor da ADPF-RJ dr. Luiz Carlos de Carvalho Cruz a transmitir uma mensagem de final de ano para os Delegados.

Padre Omar Raposo, orador brilhante, ressaltou a importância do combate à corrupção na conquista de melhorias permanentes para toda a sociedade, em particular aos menos favorecidos, os que mais sofrem com os efeitos maléficos da corrupção na saúde, segurança e educação.

Padre Omar é reitor do santuário do Cristo Redentor e se tornou em 2017 parceiro da ADPF no combate à corrupção, com a realização de uma Missa de Ação de Graças durante a qual o Cristo se acende com uma iluminação especial em verde e amarelo, em homenagem à Conferência Internacional de Combate à Corrupção. Durante o evento o padre confirmou mais uma vez a continuidade da parceria com a ADPF-RJ, com a inclusão do evento no calendário oficial do Cristo Redentor.

O presidente eleito da ADPF, Dr. Edivandir Paiva, também fez uso das palavras, elogiando inicialmente o excelente trabalho que vem sendo realizado pelo dr. Luiz Carlos de Carvalho Cruz , recentemente reeleito como diretor da ADPF no Rio de Janeiro. Dr. Luiz Carlos tem feito uma gestão muito atuante e exitosa, com a realização da Corrida Contra a Corrupção, a Conferência Internacional de Prevenção e Combate à Corrupção, a exposição de charges “A história do Corrupção no Brasil Através do Tempo”,  além de vários outros eventos educativos e de fortalecimento da Polícia Federal e do Combate à Corrupção.

Em seguida o novo dirigente maior da ADPF elogiou também o presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia Federal no Rio de janeiro, dr. Clayton da Silva Bezerra, que vem fazendo um relevante trabalho de educação como organizador da coleção “Doutrina e Prática, a visão do delegado de Polícia”.

O dr. Paiva também fez um resumo das atividades que a ADPF vem desenvolvendo e sobre suas expectativas para os próximos dois anos, quando estará à frente da instituição, dando continuidade ao trabalho de fortalecimento do papel do Delegado e da luta pela autonomia administrativa e financeira da Polícia Federal.

O diretor da ADPF no Rio de Janeiro, dr. Luiz Carlos de Carvalho Cruz, fez questão de registrar um agradecimento especial à empresa Cacau Show, que em uma parceria inédita com a ADPF-RJ ofereceu 200 caixas de bombons maravilhosos para os convidados do Jantar Anual de Confraternização da Polícia Federal.

Também agradeceu à empresa  ZiranLog e ao Coronel Venâncio Moura, diretor de segurança do Sindicato das Empresas de Trasportes Rodoviários do Rio de Janeiro  e ao seu presidente Francesco Cupello, por sua ajuda inestimável para a realização do evento.

O evento teve um coquetel seguido de jantar e muita música para dançar, afinal os Delegados de Polícia Federal têm muito a comemorar em 2017, e muita coisa a fazer em 2018…

 

SEM COMENTÁRIO